Como montar um time perfeito e mitar no Cartola FC 2019

O Cartola FC 2019 vai começar e com isso volta aquela vontade imensa do cartoleiro de mitar logo nas primeiras rodadas.

“Mitar” é uma expressão conhecida no mundo de quem joga o game. Quer dizer que o cartoleiro bombou, fazendo uma pontuação muito boa para a rodada.

Portanto, não tem como jogar Cartola e não querer mitar no máximo de rodadas possíveis.

No entanto, essa não é uma das tarefas mais simples. Afinal de contas, estamos competindo com milhões de outros cartoleiros, todos com o mesmo objetivo.

Outro ponto que torna essa tarefa um tanto quanto árdua, é o fato de dependermos do desempenho dos jogadores para ter uma boa pontuação.

Já falamos nesses outros posts, como entrar no cartola e como jogar o game!

Agora, vamos falar um pouco sobre o que você deve levar em consideração para montar um time considerado perfeito.

Mas, antes de mais nada, é preciso que você entenda que o time perfeito não é garantia de mitagem.

Afinal de contas, embora uma boa estratégia seja necessária, temos que contar também com a sorte para fazer uma boa pontuação.

E a sorte é algo que não tem como controlar!

Há quem diga que cartola não é sorte! Será que isso está correto?

Não exatamente! Aqui gostamos de dizer que Cartola não é  sorte. Mas boa parte da nossa pontuação na rodada vai depender dela sim.

Por exemplo:

  • Como saber se o técnico não vai poupar de última hora o jogador que você escalou?
  • Como saber se o jogador escalado vai estar em um bom dia?
  • E se o seu jogador sofrer uma falta dura no começo do jogo e tiver que ser substituído?
  • E se chover muito durante o jogo e os jogadores não conseguirem jogar direito?
  • E se o time como um todo não estiver inspirado naquele jogo?

Enfim, esses são só alguns exemplos.

O fato é que para se dar bem no Cartola, temos que contar com a sorte também.

Mas, é óbvio que se estudarmos a rodada, temos chances maiores de minimizar os riscos e fazer uma pontuação melhor.

Aliás, se você não tem tempo de estudar a rodada, você precisa ler este artigo sobre algumas ferramentas para mitar no Cartola FC 2019.

Vamos ao que interessa então: como montar um time perfeito no cartola?

 

Passo nº 0: como montar o time perfeito no Cartola FC 2019

Alistamos esse como o passo 0 (zero), porque antes mesmo de escalar seu time, você deve levar em consideração esses passos fundamentais. Confira!

Não seja clubista

Essa é a regra principal para se dar bem no Cartola!

  • Você PODE escalar jogadores do seu time do coração? SIM!
  • Você SEMPRE deve escalar jogadores do seu time do coração? NÃO!
  • Você NUNCA deve escalar jogadores que jogarão contra o seu time do coração? ESQUECE ISSO!

Quando o assunto é Cartola FC, o clubismo não entra em campo. Então você não só pode, como deve, escalar jogadores que jogarão contra o seu time.

O clubismo não deve te levar a deixar bons nomes de fora. E muito menos te levar a escalar jogadores do seu time mesmo que haja opções melhores para a rodada.

 

Não escale muitos jogadores do mesmo time

O futebol brasileiro é imprevisível. Em praticamente todas as rodadas vemos times menos favoritos vencerem jogos.

Às vezes, jogos entre o líder contra o lanterna da competição, vai nos fazer querer escalar vários jogadores do mesmo time em nossa cartola.

Mas essa não é uma estratégia muito inteligente, já que as chances de dar uma “zebra” são muito altas no Brasileirão.

Se você costumava fazer isso em anos anteriores, mude sua estratégia no Cartola FC 2019.

Procure escalar 3, no máximo 4 jogadores de um mesmo time, por mais favorito que ele seja!

 

Faça pelo menos 1 aposta

Você verá mais abaixo que escalar os jogadores considerados unanimidades deve ser algo rotineiro.

Mas, em todas as rodadas, procure fazer pelo menos 1 aposta no seu time.

Tente escalar um jogador que não está entre os 10 mais escalados. Ou mesmo um jogador desconhecido, que poucas pessoas vão utilizar.

Esse tipo de estratégia é sempre válida!

Se sua aposta for mal, terá sido só com 1 peça. Você ainda terá mais 10 jogadores e o técnico para tentar recuperar.

Mas se ele mitar na rodada, você se destacará em suas ligas. Vale o risco! Só tome cuidado para não apostar demais.

E outro ponto importante: sua aposta precisa ter alguma base, alguma estatística que justifique a escolha.

Não coloque um jogador qualquer simplesmente para ser diferente dos outros. Escolha de forma consciente.

 

Passo nº 1: visão geral da rodada

Antes de mais nada, a primeira coisa que você deve fazer é dar uma olhada geral em todos os jogos da rodada.

Tente enxergar quais jogos terão a maior probabilidade de prever o resultado. Alguns fatores podem te ajudar nesse sentido:

  • Um time grande que está em boa fase vai enfrentar um time pequeno que tem oscilado muito
  • Um time que tem um dos melhores ataques do campeonato, vai enfrentar um que tem uma das piores defesas
  • Um time vai jogar com muitos desfalques, ou terá muitos jogadores poupados
  • Um time terá que enfrentar uma longa viagem para chegar ao local da partida
  • O time vem de uma sequencia muito forte de vários jogos importantes em sequencia (isso pode causar desgaste emocional e diminuir o rendimento em campo)

Em conclusão, você deve tentar prever possíveis cenários e separar os times que mais tem chances de te fornecer bons nomes para a rodada.

No aplicativo Clube Cartola, temos um quadro chamado Radar da Rodada que faz todos esses estudos e mostra o resultado em porcentagens.

Após fazer esta análise, anote os times que você pretende usar para ser a base do seu esquadrão.

No geral, podemos utilizar jogadores de vários times. Mas a base sempre vai ser em cima de 2 à 3 equipes que tem boas chances de vitória na rodada.

Jogos da Rodada

 

Passo nº 2: visão geral dos jogadores disponíveis

Depois de dar uma breve olhada na rodada, chegou a hora de analisar um pouco os jogadores prováveis para a rodada.

Acesse o site do cartola e veja, por posição, quais nomes estão marcados como prováveis.

Fique atento a bons nomes que estão como dúvida, para acompanhar no decorrer da semana e ver se o status deles mudam.

Essa visão geral no mercado do cartola vai ser proveitosa para 2 coisas:

  • Em primeiro lugar, separar nomes que para você são unanimidades
  • Em segundo lugar, dar uma noção de qual esquema tático utilizar

 

Jogadores unanimidades

Em quase todas as rodadas, há jogadores que simplesmente não podem ficar de fora de nossos times.

São os nomes considerados unanimidades. Em geral, esses jogadores estarão no TOP 5 dos mais escalados da rodada.

O risco de não escalar eles, na maioria das vezes é muito grande. Pois, se ele mitar na rodada e você não tiver, pode ficar para trás, já que muitos dos seus adversários terão eles.

É claro que dependendo de sua estratégia e do seu objetivo naquela rodada, você pode considerar a hipótese de deixar as unanimidades de fora.

Mas, por via de regra, a experiência diz que é melhor tê-los no time.

Afinal de contas, se ele for mal na rodada, todo mundo se dá mal. Mas se ele for bem, você não corre o risco de ser o único que não tem ele no time.

 

Qual o melhor esquema tático no Cartola FC 2019?

A segunda vantagem da análise geral do mercado é já pensar no esquema tático.

Se a rodada não oferece bons laterais, talvez seja melhor usar um esquema sem eles (3-4-3 ou 3-5-2).

Por outro lado, se tem muitos atacantes bons para a rodada, poderá considerar um esquema com 3 atacantes (4-3-3 ou 3-4-3).

Ou, se o forte da rodada for meias, procure rechear seu time com eles (4-4-2, 3-4-3, 5-4-1 ou até mesmo 4-5-1).

Enfim, tudo vai depender dos nomes que cada rodada vai oferecer.

Em 2018, foi constatado que a posição que mais pontuava no Cartola, eram os laterais, seguido dos meias. Então os esquemas táticos com laterais foram as melhores opções durante a maioria das rodadas.

Só pra você ter uma ideia, os maiores pontuadores do Cartola FC em 2018 foram 2 laterais:

  • Renê, do Flamengo, com 233,60 pontos
  • Yago Pikachu, do Vasco, com 219,50 pontos

fonte: https://globoesporte.globo.com/cartola-fc/noticia/roubadas-de-bola-e-saldo-de-gol-fazem-de-kannemann-o-mito-do-cartola-fc-em-2018.ghtml

A tendência é isso se repetir em 2019, já que a mudança na pontuação relacionada à roubadas de bola, impulsionou a pontuação desses jogadores.

No site da própria Globo tem um tutorial muito completo, com vídeos, para te ajudar a entender perfeitamente como funciona o critério de roubadas de bola. Clique aqui para assistir!

Os laterais tendem a pontuar bem com SG (saldo de gols), RB (roubadas de bola) e A (assistências).

Deixá-los de fora quase nunca é uma boa estratégia.

Por isso que o 4-3-3 e o 4-4-2, além de ser os esquemas mais utilizados, são os que mais costumam render pontos para os cartoleiros.

mercado cartola

 

Passo nº 3: escolhendo seu goleiro

Para esta posição só existem 2 estratégias e não será diferente no Cartola FC 2019:

  • Primeiro: escalar visando saldo de gols
  • Segundo: escalar visando defesas difíceis

Você deve avaliar qual o seu perfil nesse sentido e fazer sua escolha, já que ambas as estratégias costumam funcionar em algumas rodadas e falhar em outras.

Mas, a experiência nos mostra que escalar um goleiro visando somente SG, é mais arriscado.

Então nossa dica nesse sentido é optar pela segunda estratégia.

Um goleiro com potencial de fazer defesas difíceis tem mais chances de conseguir pontuações maiores.

Se você escalar um goleiro visando saldo de gols e ele levar 1 gol na partida, há grandes chances dele acabar a rodada com -2 pontos.

No entanto, se escalar um goleiro que tem boas chances de praticar DD (defesas difíceis), mesmo que ele tome gols, ainda assim poderá fazer uma boa pontuação.

 

Passo nº 4: escolhendo seus zagueiros

No caso dos zagueiros, se aplica a mesma regra que citamos acima para os goleiros.

Não é uma boa estratégia escolher um nome visando apenas saldo de gols, por mais fácil que um duelo aparente ser.

Esqueça também aqueles zagueirões estilo Lúcio, Gamarra, e outros que costumam chegar forte para matar as jogadas de ataque.

Zagueiros que costumam chegar forte, costumam fazer mais faltas. Cada falta cometida, é -0,5 pontos para o seu time.

O foco nesta posição deve ser as roubadas de bola. Procure escalar jogadores que se destacam nesse sentido.

No próprio site do Cartola FC, quando estiver escolhendo seus zagueiros, organize a lista por roubadas de bola, e veja quem são os melhores ladrões.

A dupla de zaga gremista (Pedro Geromel e Kannemann) são destaques nesse sentido e pontuaram muito em 2018.

No Cartola FC 2019, certamente surgirão novos nomes nessa lista. E nossa equipe de Dicas Cartola vai estar atenta para te ajudar a identificar esses caras.

 

Passo nº 5: escalando seus laterais

Vale a mesma regra dos zagueiros: não escolha um lateral apenas visando as chances de sair com saldo de gols.

Mas, existem outros fatores que você deve levar em consideração na hora de escolher um lateral:

  • roubadas de bola
  • presença ofensiva
  • adversário

 

Roubadas de bola

Laterais que tem facilidade de praticar muitas roubadas de bola, se destacam no Cartola.

Em geral, esse tipo de lateral quando ganha também os 5 pontos de saldo de gols, costumam mitar na rodada.

O lateral Renê, do Flamengo, foi um destaque neste sentido em 2018.

Além de roubar muitas bolas, em vários jogos ele saiu com SG e fez pontuações altas, as vezes até mais de 20 pontos, em uma rodada.

 

Presença ofensiva

Mesmo antes de começar o Cartola FC 2019, procure observar nos estaduais e em outras competições, laterais que costumam subir muito ao ataque.

Por estar mais perto do gol adversário, esses laterais costumam pontuar bem com assistências, e até com gols.

Fagner do Corinthians, Léo Moura do Grêmio, Victor Ferraz do Santos, Dodô (ex-Santos) do Cruzeiro são alguns exemplos nesse sentido.

 

Adversário

Você precisa levar em consideração também o adversário do seu lateral, ou seja, o jogador que ele terá que marcar no jogo.

Alguns laterais não tem muita velocidade. E quando tem que encarar um velocista, como Bruno Henrique, agora do Flamengo, ou um Dudu, do Palmeiras, o recurso que o lateral lento costuma usar para parar as jogadas são as faltas.

Cada falta faz você perder -0,5 pontos. E ainda tem grandes chances do lateral tomar cartão amarelo e aumentar o prejuízo para -2 pontos.

 

Esses são os principais pontos que você deve levar em consideração ao escolher os seus laterais.

E não se esqueça que, como já mencionamos, essa foi a posição que mais pontuou em 2018. No Cartola FC 2019, isso tende a se repetir.

 

Passo nº 6: escolhendo seus meias

Aqui você terá que escolher entre:

  • Volantes, visando roubadas de bola
  • Meias, visando assistências e gols

No geral, é bom você mesclar no seu time, ou seja, ter tanto volante como meia. Mas você precisa levar em consideração alguns pontos para escolher os melhores nomes.

 

Jogos mais fáceis

Quando um adversário mais qualificado enfrenta outra equipe que esteja em um nível abaixo, o ideal neste caso é escalar meias ofensivos do time.

Isto porque a tendência é o time mais fraco jogar mais fechado, esperando o adversário.

Nesse tipo de duelo, em geral, os volantes terão poucas chances de praticar roubadas de bola.

Então as chances de um meia pontuar mais, são maiores.

 

Jogos mais difíceis

Já os duelos mais pegados, onde ambos os times tem chances praticamente iguais de sair com a vitória, o jogo normalmente é mais pegado no meio de campo.

Neste tipo de jogo, os volantes costumam pontuar mais, porque tem muitas chances de praticar roubadas de bola.

Já os meias, costumam ser muito marcados nesses jogos. E como consequência disso, na maioria das vezes, pouco produzem.

 

Em resumo, o tipo de jogo que o jogador terá pela frente vai determinar se é melhor você escolher mais meias ou mais volantes para o seu time.

Mas, no geral, procure ter ambos para aumentar suas chances de pontuação.

 

Passo nº 7: escolhendo seus atacantes

Em todas as posições, você deve levar em consideração a fase do jogador. Mas no que diz respeito aos atacantes, isso é mais importante ainda.

Todo mundo sabe que quando a fase não é boa, a bola não entra.

O cara pode estar sozinho, embaixo das traves, e mesmo assim conseguir chutar por cima do gol quando está em má fase.

Portanto, a estratégia número 1 para escolher um bom atacante sempre vai ser a fase.

Mas, deve-se levar em consideração também o adversário. Jogos entre times de maior expressão contra times menores, que costumam levar gols em todas as rodadas, são excelentes para dar boas opções de atacantes.

Há 2 tipos principais de atacantes:

  • Matadores
  • Multi-função

 

Matadores

Os matadores, cada vez mais raros no futebol brasileiro, são os caras que ficam plantados lá na frente esperando pela oportunidade de marcar.

E em geral, quando a oportunidade surge, esse tipo de atacante raramente desperdiça.

O atacante Fred do Cruzeiro é um bom exemplo nesse sentido!

A parte ruim desse tipo de jogador é quando a oportunidade não aparece. Se ele não marca gol e não costuma pontuar com outros scouts, as chances de sair com uma pontuação ruim são enormes.

 

Multi-função

Tipo de atacante que tem se tornado mais comum. Ele tanto ataca, como apoia muito na marcação e na defesa.

Esse tipo de atacante, em geral, marca menos gols que os matadores. Mas ele costuma pontuar bem no Cartola com roubadas de bola, faltas sofridas e até assistências.

É uma opção menos arriscada, já que podem pontuar bem mesmo sem marcar gols.

Em 2018, Vitinho, do Flamengo, foi um bom exemplo neste sentido.

Para o Cartola FC 2019, nossa equipe já está de olho no que tem acontecido nesse início de temporada para já “marcar” esses jogadores.

 

Os atacantes tem maior probabilidade de pontuar bem porque o gol é o momento mais sublime do futebol.

Não à toa, que também é o scout que mais rende pontos aos cartoleiros. Cada gol, soma +8 pontos para os nossos esquadrões.

Portanto, escolha com carinho os homens de frente do seu time! Procure focar naqueles que tem boa média de pontos no game.

 

Passo nº 8: escolhendo seu técnico

Aqui só tem 1 regra: escale o técnico do time que tem maior probabilidade de vencer na rodada, sem tomar gols!

Isso porque a pontuação do técnico nada mais é do que a soma total de pontos que os jogadores do time fez, dividido por 11. Ou seja, é uma média da pontuação dos jogadores.

Alguns tem dúvida no que diz respeito à pontuação do técnico porque acham que quando houver substituições, deverá dividir a pontuação do time por 12, 13 ou 14, dependendo da quantidade de substituições.

Mas o fato é que SEMPRE teremos 11 jogadores em campo, independentemente da quantidade de substituições.

Ou seja, quando o jogador que acabou de entrar vai passar a pontuar, aquele que acabou de sair para de pontuar.

Por isso, a divisão para achar a pontuação do técnico, é sempre por 11.

Essa é a informação correta, pode confiar!

DETALHE IMPORTANTE: a pontuação do técnico vai ser sempre a média de pontos do time dele, e não a média de pontos dos jogadores que você escalou.

Por exemplo, se você escalar o técnico da Chapecoense, a pontuação dele será uma média da pontuação dos jogadores da Chape!

Seguindo as dicas acima, você tem tudo para mitar no Cartola FC 2019!

mitar no cartola

 

Conclusão

O time perfeito no Cartola não é aquele que sempre passa dos 100 pontos, mas sim aquele que sempre pontua dentro ou acima da média para a rodada.

Vai ter rodadas de pontuação alta onde 70 pontos vai ser considerado um tropeço. Assim como terá rodadas onde 70 pontos será uma mitada.

Tudo vai depender do desenrolar de cada rodada. O mais importante, é você evitar pontuar abaixo da média.

Como você pode perceber ao ler este post, para se dar bem no Cartola FC 2019, não basta apenas acessar alguns minutos antes do mercado fechar e escolher os nomes de qualquer jeito.

Precisa de tempo, estudos e análises para fazer as melhores escolhas.

Se você não tem esse tempo disponível, você precisa conhecer o Clube Cartola, que foi feito para ajudar cartoleiros como você a mitar, mesmo sem ter muito tempo para o Cartola.

Se tiver alguma dúvida, deixa ai nos comentários que será um prazer esclarecer?

 

Deixe uma Resposta